Audiometria – saiba mais

Audiometria – saiba mais
Audiometria – saiba mais

Você provavelmente já ouviu falar em audiometria ou conhece alguém que já fez. Esse exame simples pode detectar alterações auditivas e, a partir dele, o médico analisa a necessidade de outros exames para identificar a origem do problema auditivo (se houver) e orienta o paciente a como evitar ou agravar problemas na audição. O exame é feito por um otorrinolaringologista ou fonoaudiólogo dentro de uma cabina acusticamente tratada.

A audiometria dura cerca de 30 minutos e é indolor. Exige a participação ativa do paciente e recomenda-se uma boa noite de sono bem como evitar ambientes muito ruidosos 14 horas antes de realizar o exame. Anteriormente a ela é feita uma análise clínica do ouvido para verificar se há alguma obstrução no canal auditivo que impeça o exame. É importante que o paciente relate o que está sentindo e seja sincero no momento da avaliação enquanto é feita a medição dos limiares auditivos, evitando resultados incorretos.

O equipamento usado para fazer a audiometria é o audiômetro. O audiômetro faz a medição em decibéis do som mínimo que a pessoa escuta em várias frequências (a partir da audiometria tonal), além de medir o volume mínimo no qual a pessoa compreende ou detecta a fala e de quanto ela compreende (a partir da audiometria tonal).

O uso de um bom audiômetro é muito importante para auxiliar na detecção da perda auditiva. Atualmente, existem aparelhos digitais e mais modernos, os quais apresentam melhor performance na audiometria. São mais leves e fáceis de carregar possibilitando maior mobilidade ao equipamento. São fáceis de instalar e podem combinar banco de dados a partir de softwares de armazenamento. Algumas marcas bem difundidas no mercado de audiologia ofertam esse equipamento, como a Interacoustics, Otometrics e IHS Systems.

Além da audiometria tonal e vocal, o audiômetro também possibilita a realização de outros exames, como o teste de Weber, acufenometria e os testes da avaliação do processamento auditivo, por exemplo. Alguns equipamentos possuem uma maior faixa de frequência, permitindo uma avaliação em altas frequências, sendo interessante na avaliação da frequência do zumbido. Cabe ao profissional otorrinolaringologista ou fonoaudiólogo determinar suas necessidades e verificar qual audiômetro atende melhor às suas demandas.

Venha nos conhecer

Avenida do Contorno - 2650 - Santa Efigênia | Belo Horizonte - Minas Gerais - CEP 30110-014
(31) 3481 6266
(31) 98611 0785
contato@audiomarca.com.br
facebook.com/Audiomarca
Audiomarca Aparelhos Auditivos - Direitos Reservados 2017